Tradutor para o Blog

A que vem esse Blog

A intenção é que esse blog sirva como um jornal, mostrando as visitas de personalidades, os fatos corriqueiros, enfim tudo que apresente algum interesse. 
Sobretudo tentar mostrar o que é e o que acontece na nossa feira, essa quarentona querida por todos nós expositores e visitantes.

2° Caderno : Assuntos Internos

2° Caderno : Assuntos Internos
Expositor veja as postagens de seu interesse, click

TOMBAMENTO- Colaboração Pamé

TOMBAMENTO- Colaboração  Pamé
Tombamento como bem Imaterial Cultural

CARNAVAL !!! - Pamé

CARNAVAL !!! - Pamé
Carnaval e a Feira Hippie de Ipanema !

Visitas de personalidades na Feira Hippie de Ipanema

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

A INJUSTA JUSTIÇA

Nossa Feira e a injusta justiça



Nossa feira começou sem burocracia, com muita arte e muito respeito, pelo espaço conquistado, pelos companheiros, por manter a CRIATIVIDADE E ORIGINALIDADE na execução das peças.
Cada nova criação era motivo de muito orgulho.
Ai veio à burocracia que foi crescendo e tomando conta, acabando com o respeito e a ética.
Por quê? Porque a justiça cada vez mais me convence que é injusta, pois é essa justiça que dá direito a um criminoso condenado há 500 anos ter direito a liberdade com um sexto da pena, mas não é sobre a pena de 500 anos, mas sobre os trinta que é o máximo que um cidadão pode ficar preso, não importando quais ou quantos crimes cometeu.
Elaboramos e lutamos por uma lei na qual em assembléia da classe decidimos que como desde o início fizemos, cada candidato teria de comprovar sua habilidade artística.
E assim foi por muito tempo, até que a justiça, injustamente decidisse contra a opinião de toda uma classe, que isso não era necessário. Qualquer um desde que tenha um bom advogado pode expor o que quiser na nossa feira, ao contrário de nós que se assim fizermos teremos a INJUSTA JUSTIÇA com todas suas penalidades a nos atacar.
O mesmo juiz que nunca daria uma liminar contra a OAB, que diz que mesmo formado, um advogado só pode trabalhar se for aprovado no exame da ordem, que um cidadão só pode se matricular numa universidade se passar e for classificado num vestibular, e outros casos mais que agora não me recordo, dá ao mesmo cidadão o direito de expor na nossa feira sem ter sido aprovado pelo nosso equivalente a OAB, Vestibular, Concurso Público, Eleição, etc.
Cada vez fica mais claro para mim:

QUEM ESTÁ CERTO ESTÁ ERRADO, QUEM ESTÁ ERRADO ESTÁ CERTO.

IVAN

2 comentários:

Débora disse...

oi,eu preciso entrevistar hippie para um trabalho, será que alguém poderia me ajudar???
Se alu´puder por favor entre em contato meu e-mail é:
de.pg@hotmail.com

Elaine disse...

Gente,
o atual prefeito da cidade onde moramos decidiu dá uma duríssima em cima dos ambulantes e artesãos. O meu marido é artesão(ele produz colares em miçanga, estilo afro) e teve seu pedido de licença negado. Sempre ouvimos falar que o hippie e o artesão têm proteção por lei federal para expor nas ruas. Alguém sabe nos informar que lei é essa?
Favor, com urgência, entrar em contato com o meu e-mail: elainescs@hotmail.com
Valeu!